publicidade
Subscribe for notification

Mulher adota cadelinha idosa e não imaginava que era a mesma da sua infância

Mulher adota cadelinha idosa e não imaginava que era a mesma da sua infância.

Mulher adota cadelinha porque se parecia com sua cadelinha de infância e acaba percebendo que é a mesma cadelinha.
Entenda como aconteceu essa história linda de adoção e amor é simplesmente impressionante.

Nicole Grimes compartilhou sua história de quando perdeu sua melhor amiga canina e eventualmente depois de anos a mulher adota cadelinha com todas características da sua cadelinha de infância e por mais incrível que possa parecer acabou recuperando ela. Sua história comovente fez muitas pessoas acreditarem que finais felizes não acontecem apenas nos filmes. Perder o seu melhor amigo é sempre muito difícil. E não importa se o seu melhor amigo é um ser humano ou uma bola de pelo de quatro patas. Qualquer um que já tenha sentido esse tipo de desgosto daria tudo para recuperar seu amigo(a), mas nem todo mundo tem tanta sorte. Bem, exceto essa mulher chamada Nicole Grimes que mora na Pensilvânia.

Quando Nicole era apenas uma garotinha, ela realmente queria um cachorrinho. Finalmente, quando ela tinha 10 anos, sua avó a surpreendeu com uma filhote e Nicole imediatamente se apaixonou por sua nova amiga e lhe deu o nome de Chloe.

Para uma criança tão jovem, provavelmente parecia que nada na vida a poderia separar da amiga. No entanto, algo que ela não havia previsto aconteceu. “Meu pai conseguiu um emprego onde não podíamos ter um cachorro e então tive que deixar ela para trás. Foi tão difícil ”, escreveu em seu post. Depois de passar apenas 4 anos juntas, a cadelinha foi dada à Washington Humane Society e o resto seria história – até a um momento mágico e sete anos depois.

Veja também: Criança compete com cachorro husky quem uiva mais e vídeo viraliza

Quando Nicole cresceu e formou sua própria família, ela acidentalmente viu um post de um cachorro idoso chamado Chloe precisando de um novo lar. Algo em seu coração disse a ela algo que aparentemente parecia ser impossível – poderia ser a “sua” Chloe. Embora Nicole não acreditasse nesse pensamento, ela ainda assim decidiu adotar o cachorro sem pensar duas vezes.

“Quando eu era uma garotinha antes de meu irmão nascer, eu queria desesperadamente um cachorrinho. Um cachorrinho fofo que seria meu melhor amigo. Minha avó, que já se foi, comprou para mim esta linda e fofa cadelinha chamada Chloe. Um dia, minha mãe e ela me buscaram na escola e vi a filhote no carro sentada no colo de minha vovó com um laço rosa muito bonito preso em seu pelo. Eu a amava muito, daqui até à lua!

Infelizmente, quatro anos depois, meu pai conseguiu um emprego onde não podíamos ter um cachorro e então tive que desistir dela. Foi tão difícil. Nós a demos à Washington Humane Society e eu nunca soube o que aconteceu com ela.
Avançando para alguns dias atrás, vi uma postagem de uma amiga do facebook dizendo precisar de realocar sua cadelinha idosa. Ela se parecia muito com o minha cadelinha de infância… e tinha o mesmo nome…
De imediato eu disse que ficaria com ela! Eu apenas tive esse pressentimento…
Quando a pegamos, ela se encaixou de imediato. Havia algo nela!! À medida que o dia passava, coisas diferentes que ela fazia / como agia eram EXATAMENTE o que minha Chloe fazia. Ontem à noite eu estava segurando ela e apenas chorei e chorei porque aquela cadelinha estava me abraçando de volta e eu a segurei perto do meu coração.
Eu só sabia no meu coração que essa era minha Chloe.

A garota de quem eu a peguei (que a teve por dois anos depois que a dona idosa de Chloe faleceu) disse que falou com o sobrinho da dona idosa e que ele havia dito que levou sua tia anos atrás à Humane Society de Washington para adotar uma cadelinha que já se chamava Chloe…
Minha mãe ligou para a Humane Society, onde nós tínhamos colocado seu chip anos atrás e eles deram a ela o número do chip. Esta manhã, eu a levei ao veterinário para ser digitalizada, os números eram exatamente iguais.
Minha mãe tem orado ultimamente por um sinal da minha avó e sabemos que é isso. Estou tão feliz, animada e abençoada por ter essa cadelinha amada de volta e por ter a chance de o voltar a amar para o resto de sua vida. Eu nunca, nos meus sonhos mais loucos, pensei em ver essa cadelinha novamente, mas aqui está ela”.

 

E assim, as amigas de infância se reuniram novamente e agora esperamos, que seja para sempre.

Impressionante essa história e que bom que teve um final feliz para ambas.

publicidade
Elton Ostrev

Publicações recentes

Mulher fez cocô na porta da vizinha que reclamou do pet; vídeo

Uma cena bastante inusitada chocou diversos moradores de Guará, um município em São Paulo. A…

1 ano atrás

Golfinhos aparecem na Itália; após quarentena Veneza fica irreconhecível; veja o video

Apesar de toda dor que os italianos tem sofrido, um ponto positivo está trazendo a…

1 ano atrás

Conheça Wiley, o dálmata que tem um coração no nariz é simplesmente apaixonante

Conheça Wiley, o dálmata que tem um coração no nariz é simplesmente apaixonante.   Wiley,…

1 ano atrás

Criança compete com cachorro husky quem uiva mais e vídeo viraliza

É até difícil identificar o melhor adjetivo para essa interação! Criança compete com cachorro Bem,…

1 ano atrás

Rata arrisca vida e ataca cobra para salvar seu filhote (veja o vídeo)

A admirável coragem dessa pequena mãe, que poderia ter sido fatal, afastou a cobra e…

1 ano atrás
publicidade

Drone leva cão para passear durante quarentena; veja o vídeo

Vakis Demetriou, dono do cão, encontrou uma maneira inteligente de ficar seguro em casa e…

1 ano atrás

Nosso site usa cookies, ao continuar navegando você concorda com os cookies.