Caçadores matam a única girafa branca do Quênia e seus filhotes

continua após a propaganda

Os últimos representantes das espécies raras de girafa branca no Quênia não vivem mais para tentar sobreviver: a mãe girafa e seu bebê girafa foram abatidos por caçadores no Ishaqbini Hirola, um parque de preservação comunitário em que viviam.

O gerente do local confirmou a morte dos animais para a mídia. “Este é um dia muito triste para a comunidade e para o Quênia como um todo. O assassinato de girafas brancas é um retorno à conservação de espécies únicas e um pedido de ajuda para que o mundo continue seus esforços para protegê-las ”, explicou Mohammed Ahmednoor.

Girafa Branca e seu filhote

O parque não comentou sobre os caçadores, nem como eles acessaram os limites da área de conservação. Segundo imagens divulgadas pelo parque, os animais tinham aparência esquelética antes de serem abatidos. girafa branca

Veja também: Gato selvagem é salvo após luta assustadora com cobra mortal; veja o vídeo

As girafas brancas se tornaram celebridades depois que foram descobertas em 2017 e levadas ao parque para serem cuidadas. Especialistas explicaram na época que os animais não são albinos, mas são brancos por causa de uma condição chamada leucismo. girafa branca

1 – Publicação no Twitter – Imagem e desabafo

2 – Publicação no Twitter – Vídeo e desabafo

3 – Publicação no Twitter – Vídeo e desabafo girafa branca

Talvez você goste

Fique ligado! Receba conteúdos exclusivos para você

Receba notificações das novidades    OK No thanks